Emergindo de um apocalipse antípoda pós-Covid no ano de 2023, King Cruel reúne três músicos e produtores experientes para um novo tipo de alquimia.

Inspirado nas inclinações góticas de Uncle Acid e Deadbeats, o formato confuso brutalismo do stoner rock e o soco anárquico do PetroDragonic Apocalypse-era King Gizzard and the Lizard Wizard, o trio de Auckland, Nova Zelândia, traz uma série de influências musicais de suas vidas musicais anteriores a um caldeirão sonoro fervendo.

O EP Creeper de três faixas canaliza histórias de ameaças e ghouls que usam feitiços entregue em melodias sinistras; contos de fadas distorcidos contados com um sorriso sombrio. Instrumentalmente, os membros do King Cruel parecem obedecer a uma máxima singular: faça barulho e faça inegável. Riffs de guitarra sinuosos contorcem-se sobre tambores que poderiam esculpir desfiladeiros.
As três músicas resultantes poderiam facilmente ser a trilha sonora de um passeio noturno ou de uma matança vitoriana.

Como salva de abertura, Creeper é um soco triplo de 13 minutos que o transportará para um purgatório musical em algum lugar entre o galope clássico do Black Sabbath e o moderno stonerismo com toque psicodélico.

Ligue e aproveite o passeio.

Tracklist:
1.Creeper 04:54
2.Resurrection 03:02
3.Shotgun Sally 05:07

Formação:
Evan Cooper – bateria
Josh Hodgson – guitarra
Luke Oram – vocais

Siga-os no Spotify e adicione-os às suas playlists!

Apoie-os no Bandcamp!

https://kingcruel.bandcamp.com/album/creeper

Acompanhe a banda nestes links:
https://kingcruel.bandcamp.com/
https://www.facebook.com/profile.php?id=61553853445075
https://www.instagram.com/kingcruelmusic/

Fonte: King Cruel via E- Mail

By Biano

Agente secreto URSAL a serviço no Brasil , curtidor de Músicas Subversivas e um tanto extremas, degustador de cerveja !

Deixe uma resposta