Prepare-se para fazer barulho! STRIKER tem um novo videoclipe “Sucks To Suck” produzido pela Top Talent Wrestling Academy e apresentando Harlon “The Healer” Abott e Marisa West. O vídeo celebra o lançamento do novo álbum do Shresh Master, “ULTRAPOWER” , produzido com Josh Schroeder (Lorna Shore, Tallah, King 810) , que já está disponível em 2 de fevereiro de 2024.

“Três dias de treino, quatro costas quebradas e uma lata de lixo na cara. Estamos aqui trabalhando em nome do HEAVY METAL!” acrescenta a banda.

Assista ao videoclipe de “Sucks To Suck” em

“ULTRAPOWER” é o sétimo álbum do Striker e segue seu álbum auto-lançado , vencedor do Juno Award, “Play to Win” (2018), lançado por seu selo Record Breaking Records .

Com a banda escrevendo material desde 2018, “ULTRAPOWER” é uma coleção de Striker mexendo e explorando novos caminhos. Desde a faixa de abertura do álbum, ” Circle of Evil” , um hit de metal no estilo Malmsteen sobre sociedades secretas e as negociações malignas a portas fechadas, até o single lançado anteriormente “BEST of the BEST of the BEST”, apresentando alguns grandes riffs e vocais de arena de hóquei. para ” Blood Magic” , que pode ser um dos discos de Striker com músicas mais progressivas, inspiradas em bandas como King Diamond, com sua estrutura não convencional e solos de guitarra pontuados. Da banda mergulhando em sua obsessão pelo AOR do final dos anos 80 e pelo pop rock com ” City Calling” , uma ode a 1987, e bandas como Toto e Kenny Loggins com seus álbuns cheios de ganchos. Para os fãs que estão vivenciando a primeira tentativa da banda em uma faixa synth-wave com ” Live to Fight Another Day” , esta nova oferta mostra Striker fazendo uma destruição carta de amor para a era do hard rock dos prazeres culposos.

A banda comenta sobre o álbum:

“Começando com a capa do álbum, queríamos que a arte representasse como nos sentimos como banda agora. Somos um motor acionado e pronto para funcionar. Somos feitos de metal e nossos circuitos brilham! O álbum em si é um amálgama de 5 anos escrevendo e explorando música. Com influências do AOR ao Speed Metal, do Hardcore ao Hair Metal, do Steely Dan ao Deathcore, você escolhe, ele entrou no álbum. No final, com a ajuda de Josh Schroeder Com a mão orientadora, fundimos tudo para apresentar algo único do Striker. Liricamente, seguimos a tradição do Striker de escrever músicas de montagem para filmes que não existem, músicas sobre nossa espiral de servidão e letras sobre os males que se escondem no sombras.”

“ULTRAPOWER” está disponível em http://kck.st/3P6Gws6 (CD, Vinil, Digital)

Spotify – https://spoti.fi/3SnIshu

Vídeo Musical – “Give It All” – https://youtu.be/jRKsJp49Lwc

Vídeo Musical – “Circle of Evil” – https://youtu.be/YrG-mSSvIeo

Vídeo Musical – “Best of The Best of The Best” – https://youtu.be/0oX9LFx2szs

Tocando guitarra – “Best of The Best of The Best” – https://youtu.be/tUVe4uBXmA8

Tracklist:
1. Circle of Evil – (3:44)
2. BEST of the BEST of the BEST – (3:19)
3. Give it All – (4:14)
4. Blood Magic – (4:35)
5. Sucks to Suck – (3:15)
6. Ready for Anything – (3:56)
7. City Calling – (3:45)
8. Turn the Lights Out – (2:49)
9. Thunderdome – (4:01)
10. Live to Fight Another Day – (4:00)
11. Brawl at the Pub – (3:47)

Créditos do álbum:
• Todas as músicas interpretadas por: STRIKER
• Todas as músicas escritas por: STRIKER
• Produzido por: Josh Schroeder
• Mixado por: Josh Schroeder
• Masterizado por: Josh Schroeder
• Arte do álbum por: Al Perez / Ramone Sketch (@ramonesketch)
• Membro da SOCAN
• Conteúdo Canadense (MAPL)

Formação da banda do álbum:
Dan Cleary – Vocais
Tim Brown – guitarra
John Simon Fallon – guitarra
Pete Klassen – baixo
Jono Webster – bateria

Alinhamento da banda ao vivo:
Dan Cleary – Vocais
Tim Brown – guitarra
John Simon Fallon – guitarra
Pete Klassen – baixo

Mais informações: Striker-metal.com

Sobre: Misturando heavy metal clássico, hard rock e hair metal dos anos 80, Striker tem feito hinos espetaculares desde 2007. A banda fez várias turnês pela Europa e América do Norte, além de aparições em festivais no 70,000 Tons of Metal, Bang Your Head Festival ( Alemanha) e muito mais para somar aos quase 1000 shows realizados em sua carreira de mais de uma década. A banda foi homenageada com vários prêmios de Melhor Álbum em seu país natal, o Canadá, no JUNO Awards, no Western Canadian Music Awards e no Edmonton Music Awards. Desde a sua criação, Striker lançou seis álbuns de estúdio Eyes in the Night (2010, Iron Kodex), Armed to The Teeth (2012, Napalm), City of Gold (2014, Napalm), Stand in the Fire (2016, Record Breaking) , Striker (2017, quebra de recorde) e Play to Win (2018, quebra de recorde).

Fonte : Asher Media Relations


Siga o NoiseRed no Google News e receba alertas sobre as principais notícias

By Biano

Agente secreto URSAL a serviço no Brasil , curtidor de Músicas Subversivas e um tanto extremas, degustador de cerveja !

Deixe uma resposta