Foto: Laura Fragoso

Luciane Dom, cantora e compositora carioca com carreira internacional, é a convidada da segunda noite do duo no Manouche

Após esgotar os ingressos e lotar o Manouche, João Mantuano e Paula Raia, dois talentos da nova MPB, retornam à casa de show no Rio de Janeiro no dia 7 de novembro. A dupla, acompanhada de uma banda, apresenta o projeto ‘Coisa Nossa’, álbum de 12 faixas, composto no badalado Estúdio Toca do Bandido, e que terá lançamento em breve pelo selo Toca Discos. O show terá participação especial da cantora e compositora Luciane Dom.

Ingressos já à venda: https://tinyurl.com/manouchecoisanossa.

“Coisa Nossa” é como se estivéssemos diante de um duo díptico. Os dois nas vozes e nos violões. Nesta apresentação, como na anterior, Paula e Mantuano contam em palco com os músicos Marcelo Callado (bateria), Miguel Dias (baixo) e João Werneck (violão).

“Coisa Nossa” é um projeto carioca. Passeia pela cidade, com notas de Leme, Santa Teresa e Itanhangá, onde fica a Toca do Bandido e seus parceiros. Sua produção conta também com a participação do premiado engenheiro e produtor Álvaro Alencar.

“Mexemos e misturamos o caldeirão das nossas referências e experiências e saiu um negócio bem nosso”, conta Raya ao lado de Mantuano, com supervisão dos produtores Felipe Rodarte e Constança Scofield, ao longo dos muitos encontros na Toca do Bandido.

Tem folk, samba, bossa, afoxé, rock. “A dupla sabe brincar de abrir caixas de gêneros musicais consagrados e fazer uma delicada e interessante fusão. Dirigir o abundante fluxo criativo dos dois em direção a algo muito novo e fresco é o que buscamos nesta produção.”, observa Constança que relembra uma definição do próprio Mantuano: “somos puramente ecléticos”.

Sold out e expectativas

Paula e Mantuano celebram o sold out no primeiro show no Manouche, que aconteceu dia 3 de outubro. “A casa tem uma energia muito acolhedora, tanto do espaço em si como do público. Foi uma experiência incrível subir naquele palco e apresentar esta proposta que mistura bem o que eu, Paula, e ele, João, somos enquanto duo”, conta Paula.

Um dos momentos marcantes daquele primeiro show, que deve se repetir neste dia 7/11, ela lembra, é quando o duo e público canta junto ‘Se For Cantar Por Amor’. “Foi bem simbólico, todo mundo, em coro, cantando essa frase, tornou a noite ainda mais especial”.

Mantuano também só tem boas lembranças do show de outubro no Manouche. “Com a expectativa que este do dia 7/11 seja melhor ainda. Estamos reajustando detalhes, sempre melhorando o repertório. O entrosamento está ótimo.

Coisa Nossa: calma e delicadeza

Para o produtor Felipe Rodarte, a sonoridade de Raia e Mantuano é definida como um lugar de calma e delicadeza em que muitas coisas acontecem. “Com base nisso definimos então algumas coisas, como gravação na frequência 432h, a natural do universo.

“A dupla é condutora deste trem brasileiro que parte para o interior, sempre olhando para o futuro, conectado com ‘coisas nossas’. É um trabalho sem um olhar ufanista sobre música brasileira, mas sim com ternura”, destaca Felipe Rodarte.

SERVIÇO
Lab Manouche apresenta: Raya e Mantuano em ‘Coisa Nossa’
Data: 7 de novembro de 2023
Horário: 21h
Local: Manouche
Endereço: Subsolo da Casa Camolese, na rua Jardim Botânico, 983, Rio de Janeiro/RJ
Ingresso: de R$ 40,00 (meia entrada e ingresso solidário) e R$ 80,00 (inteiro)
Venda on-line: https://tinyurl.com/manouchecoisanossa

Paula Raia

Paula Raia é idealizadora, compositora e cantora do projeto Tuim, em parceria com Felipe Habib. Com nove lançamentos no Spotify, principalmente após terem sido selecionados pelo edital de Aceleração Labsonica (parceira Oi Futuro e Toca do bandido) e um caminho percorrido pelas casas do rio e integraram o line up do Rock the Mountain, um dos maiores festivais do Rio de Janeiro, que aconteceu em abril de 2022.

Com o duo, fez a trilha sonora e direção musical do espetáculo Bichos Dançantes, da Focus. Cia de Dança, em cartaz em várias cidades do Brasil.

Em 2022 lançou seu primeiro disco solo, Tô, lançado pelo selo Toca Discos, em que Paula canta o encontro da ancestralidade com o feminino por meio de melodias e arranjos doces.

João Mantuano

João Mantuano tem 28 anos. Toca guitarra, violão, baixo, canta e interpreta as próprias canções.

Já lançou o álbum ao lado de Chico Chico, “Chico Chico e João Mantuano”, disponível nas plataformas digitais e gravado pela Toca do Bandido com Felipe Rodarte e Constança Scofield.

Também tem o solo “Por Onde Anda O Tempo”, lançado pelo selo Porangareté de independentes e produzido por ele mesmo.

Já esteve em muitos palcos, como o Circo Voador, Teatro Rival, Teatro Ipanema, Teatro Baden Powel, Beco Das Garrafas, SESC Copacabana, SESC Tijuca, Centro de Referência da Música Carioca, Laura Alvim,Teatro Serrador, Lona de Bangu, Fundição do Progresso, CCBB, Agulha ,Bona Casa De Música, Bourbon Street, Mundo Pensante, entre outros. Participou ainda de alguns festivais, como Cai na Rede, Tem Disso Sim e outros.

Luciane Dom, a convidada

Luciane Dom | Crédito: Marcos Hermes

Luciane Dom, cantora, compositora, ganhadora do African Entertainment Award USA, prêmio na categoria Rising Star of the Year em Nova York, faz parte da nova geração de artistas contemporâneos do Rio de Janeiro que trazem em sua poética temas como diáspora negra, feminilidades, empoderamento e reflexões sociais que impactam na construção de suas emoções.

Com 3 álbuns lançados, Liberte esse Banzo (2018), Júpiter e Urano (Onebeat 2018) e singles marcantes no cenário independente, Luciane traz em sua sonoridade influências do afrobeat ao urban jazz com temperos de reggae e ijexá.

A carreira de Luciane Dom vai além da arte como expressão para se tornar um meio de respirar mudanças, contar histórias utilizando a música e o audiovisual como veículo.

É presença marcante em palcos relevantes do cenário world music, feiras e eventos, como o MIMO Festival (2021), integrando line ups com artistas como Luedji Luna (BR) e Nouvelle Vague (Fr), se apresentando no IIE Homenagens no World Trade Center (2022) Lincoln Center NYC (Favellê, 2022), Festival Mucho (2020), Faro MPB (2020), Oi Labsônica (2020), Formemus (Br, 2020), Mundo Música (Br, 2017) Internacional Semana da Música SIM São Paulo (2019).

Fonte: Tedesco Mídia | Toca Discos assessoria

By Biano

Agente secreto URSAL a serviço no Brasil , curtidor de Músicas Subversivas e um tanto extremas, degustador de cerveja !

Deixe uma resposta