Crédito: Ruggero Lupo Mengoni

Nesta sexta-feira, 24 de novembro, às 20h, o duo ítalo-brasileiro Hate Moss, que faz um som experimental unindo punk, eletrônico e rock alternativo, retorna a Piracicaba para uma apresentação especial na Trattoria Casale Palco & Restaurante (avenida Independência, 1418). A apresentação é dentro do Locomotiva Gig, um projeto do Locomotiva Festival.

Tina (vocal e eletrônica) e Ian (vocal e bateria) se apresentam mais uma vez na cidade e agora para divulgar o mais recente álbum, NaN, lançado digitalmente no Brasil pelo selo Before Sunrise Records.

O show em Piracicaba faz parte de uma extensa turnê do duo no Brasil, que terá 19 datas, em nove estados brasileiros.

NaN, o segundo álbum da carreira do Hate Moss, lançado em 2022, usa muitas texturas sonoras para abordar a alienação da nossa época. O álbum foi gravado no Reino Unido, Itália e Turquia.

O registro critica e reflete sobre a alienação da época atual. Em ciência da computação, NaN (/ næn /), sigla para Not a Number, é um membro numérico de um tipo de dado que pode ser interpretado como um valor indefinido ou não representável.

O título representa o tema principal do álbum, que enfoca a alienação derivada do hábito de tratar a vida humana a partir de um cálculo frio.

Ingressos para o show de Piracicaba nesta sexta-feira (24) aqui: https://www.sympla.com.br/evento/locomotiva-gig-hate-moss-uk

Hate Moss biografia

Hate Moss é uma dupla ítalo-brasileira formada por Tina (vocal e eletrônica) e Ian (vocal e bateria).

Em 2017, Tina e Ian se conheceram em Londres (Reino Unido) e decidiram abrir um selo independente, Stock-a Records, que mais tarde se tornou o Stock-a Production, um coletivo com o objetivo principal de apoiar artistas emergentes.

Sua colaboração se tornou um projeto musical em 2018 quando lançaram seu primeiro single “Honey”, seguido de várias turnês pelo Brasil, Itália e Reino Unido.

O primeiro álbum, “Live Twothousandhatein”, foi lançado em maio de 2019 por meio de sua própria gravadora e os levou a apresentar seus trabalhos na Espanha, Portugal e Turquia, bem como em festivais internacionais como a Bienal de Veneza (IT), Festival Locomotiva (BR) e Goiania Noise (BR), onde dividiram o palco com artistas famosos do underground como Rakta, Boogarins e Ratos de Porão.

Em 2020, devido à Covid-19, eles tiveram que cancelar sua primeira turnê europeia, que os teria visto se apresentar em 7 países com 15 shows. Durante esse tempo, eles lançaram seu single “Fog”, que foi gravado, produzido e lançado durante seu primeiro lockdown em Londres.

Durante o verão de 2020, devido às situações de pandemia e Brexit, a banda foi forçada a retornar à Itália, onde decidiu se concentrar em seu novo álbum.

Tedesco Mídia |Locomotiva assessoria de imprensa

By Biano

Agente secreto URSAL a serviço no Brasil , curtidor de Músicas Subversivas e um tanto extremas, degustador de cerveja !

Deixe uma resposta