Satanique Samba Trio 2023 por RC Ballerini e Pedro Hamdan

Trabalho com 30 faixas, chega no formato digital e em fita k7, um lado homenageando ritmos nordestinos e outro subvertendo ainda mais o samba.

O Satanique Samba Trio, projeto candango que existe e subverte os tradicionais ritmos da música brasileira há mais de 20 anos e que NUNCA FOI UM TRIO está de volta com mais uma pedrada. O atualmente quinteto (formado por: Munha da 7, Jota Dale, Lupa Marques, Chico Oswald, DJ Beep Dee) apresenta “Só Bad”, seu décimo quarto álbum, no qual propõe “mais um experimento de sonoridade lo-fi em formato obsoleto”. O trabalho com 30 faixas chega no formato digital e também em fita k7. São “30 faixas captadas por gravadores analógicos antigos, apresentadas sob um véu de desgaste e envelhecimento”, explica  Munha da 7, contrabaixista e líder da trupe.

Dividido em 2 lados, já que é assim que acontece nas fitas k7, o álbum traz no LADO A, 15 faixas desenvolvidas a partir de ritmos nordestinos como o forró e o baião e no LADO B, 15 variações do famigerado samba, motivo pelo qual o projeto existe, desconstruir esse ritmo tão brasileiro que traz em seu nome. Para entender melhor (ou tentar), saiba por exemplo, que “badtriptronics #98“, segunda faixa do LADO A, é um forró com um “longuíssimo” (menos de 2 minutos) improviso de sax feito pelo mais novo membro do quinteto, Chico Oswald, numa clara tentativa de contrariar quem diz que TUDO no Satanique Samba Trio é escrito em partitura (Também achei que fosse, vocês não?); ou então “badtriptronics #58”, quarta faixa do LADO B, um Brazilian Jazz em que o baterista Lupa Marques arrebenta na caixa com vassourinha, mas não dá pra ouvir direito porque está muito mal gravado. Ou quem sabe “badtriptronics #29”, também do Lado B (mas não faço ideia em que posição) claramente uma bossa-nóia que ganhou até um clipe com aviso de conteúdo sensível no Youtube (Veja por sua conta e risco no instagram da satanique).

Cientes da possibilidade de prejuízo, mas fiéis ao ancoradouro conceitual que os trouxe até aqui, o quinteto, expõe o baião e o samba em suas faces mais alteradas para ouvidos cansados de coisas lindas (e com acesso a toca-fitas de preferência).

Ouça o trabalho no Bandcamp: 

https://sataniquesambatrio.bandcamp.com/album/s-bad

Ou ouça o full álbum no Youtube (Sem propaganda, por enquanto)

Fonte : Hominis Dissemina

By Biano

Agente secreto URSAL a serviço no Brasil , curtidor de Músicas Subversivas e um tanto extremas, degustador de cerveja !

Deixe uma resposta