A banda paulista Sacrifix lançou seu segundo álbum completo , “Killing Machine”, recentemente , e vem chamando a atenção do público e da crítica especializada. O grupo, formado por Frank Gasparotto (vocal e guitarra), Kexo (baixo) e Piza (bateria), traz um som thrash metal old school, com influências de bandas como Sodom, Destruction, Testament, Annihilator, Slayer, Sepultura.

Em entrevista ao NoiseRed, o vocalista e guitarrista Frank Gasparotto fala sobre o início da banda, as influências musicais e os planos para o futuro.


NoiseRed : Olá galera , Antes de mais nada, gostaria de agradecer por nos conceder esta pequena entrevista.


Sacrifix: Fala pessoal da NoiseRed, primeiramente muito obrigado pelo espaço e oportunidade!

NoiseRed: Para começar, podem nos contar um pouco sobre a história da banda?


Sacrifix: Bom, o Sacrifix iniciou suas atividades no meio da pandemia (2020) como um projeto solo, basicamente eu tinha alguns riffs guardados e queria gravá-los, aí comecei a desenvolvê-los e isso se tornou o Sacrifix, em seguida, chamei o Kexo e o Piza, ambos do Infamous Glory para integrarem o time.

NoiseRed: Quais são as principais influências da banda?


Sacrifix: Tudo que relacionado ao Thrash Metal clássico é influência para o Sacrifix mas as principais são: Sodom, Destruction, Testament, Annihilator, Slayer, Sepultura

NoiseRed: O som da banda é um thrash metal calcado na velha escola , porém com uma pegada bem própria , Isso é algo que vocês procuram manter?


Sacrifix: O Sacrifix não tem a menor intenção de mudar ou experimentar novos elementos em sua música, é basicamente Thrash Metal, o propósito da banda é manter a sonoridade mais próxima possível dos clássicos dos estilos.

NoiseRed: O Sacrifix lançou dois álbuns até agora, “World Decay 19” (2021) e “Killing Machine” (2023).Porém a banda possui singles e EPs , inclusive , tivemos acesso a banda através do single Raped Democracy ,Como você avalia o feedback do público referente a esses lançamentos ?


Sacrifix : O feedback está sendo extremamente positivo, recebemos muitas mensagens das pessoas dizendo que tem curtido muito nosso som, pessoas que estão com saudades da simplicidade do gênero, quero dizer, hoje a maioria das bandas tenta inovar ou se destacar fazendo coisas diferentes OU tentando soar modernas, nós não queremos isso, se todo mundo está tentando sempre inovar, todo mundo está fazendo a mesma coisa o tempo todo, nós preferimos manter o padrão tradicional ! Raped Democracy teve grande engajamento infelizmente pelo motivo errado ! Muitas críticas e muitos elogios mas não pela música em si mas pelo fato de pessoas julgarem que somos uma banda politizada, a letra só conta uma história real, basicamente é isso.

NoiseRed : Como está o processo de divulgação de “Killing Machine”? O público está tendo um retorno positivo


Sacrifix : Sim, muito positivo, estamos vendendo muito bem e o streaming está bem agitado também, ficamos orgulhosos porque foi um trabalho difícil de concretizar por vários motivos mas, o resultado final superou todas as expectativas.

NoiseRed: Quais são os planos da banda para o futuro?


Sacrifix: Estamos pensando em fazer um videoclipe, compor o novo álbum e, antes de tudo, divulgar ao máximo o Killing Machine

NoiseRed : A banda possui merchandising ? Venda de camisetas,patchs,bottons,adesivos e CDs ? Se sim , como a galera pode encomendar e assim fortalecer ainda mais a caminhada da banda pelo underground.


Sacrifix : Sim, temos patches em dois modelos, temos poucas cópias do primeiro álbum “World Decay 19” e logo mais teremos camisetas do segundo álbum à venda. Caso alguém tenha interesse, só mandar direct no insta, estamos sempre ligados !

NoiseRed: E como os produtores de eventos podem contratar o show de vocês e com quem eles falam ?


Sacrifix: Podem falar comigo diretamente (Frank), no insta ou fb, mandando mensagem a gente conversa, faço questão de olhar todas as mensagens que recebo.

NoiseRed: Indiquem algumas bandas , pelo menos três bandas que vocês curtam ou estejam curtindo nesse momento


Sacrifix : No momento estou ouvindo Sodom, Judas Priest e Excel mas amanhã isso pode mudar completamente…rsrs

NoiseRed : Obrigado galera por nos conceder essa pequena entrevista , o espaço final é de vocês , mandem um recado pra galera aí :


Sacrifix: Gostaria de agradecer muito a NoiseRed pelo espaço, ao nosso assessor, Johnny Z, a todas as pessoas que tem comprado, compartilhado e escutado nosso segundo álbum… meu MUITO OBRIGADO
Contatos (insta/fb/youtube): @sacrifixofficial

THRASH METAL OLD SCHOOL NO BULLSHIT !!!

Tracklist Killing Machine
1. Age of Doom \ Killing Machine 05:52
2. Guided By God 04:31
3. Reality Is Lost 04:44
4. March To Kill 04:05
5. Ancient Aggression 04:18
6. Raped Democracy 04:06
7. Dark Zone 05:15
8. Thrash Again 04:28
9. Rotten 04:28

Ouça Killing Machine

Mídias Sociais:
Facebook: www.facebook.com/sacrifixofficial Instagram: www.instagram.com/sacrifixofficial

By Biano

Agente secreto URSAL a serviço no Brasil , curtidor de Músicas Subversivas e um tanto extremas, degustador de cerveja !

Deixe uma resposta