Crédito: Felipe Vieira (Fredinho)

Single, no streaming e em videoclipe, é o último antes do primeiro disco completo que chega dia 19/09

Prestes a lançar o primeiro disco, Em Própria Razão, o Treva (nova banda de dois ex-Confronto) coloca no ar via El Rocha Records, e distribuição da Altafonte, o robusto single Memórias & Reclusão, que também ganhou uma animação, assinada por Odemilson Sconieczni (Irmão do Jorel, Acorda, Carlo! e Star Wars Forces of Destiny). A cidade de São Paulo é o cenário, tanto do audiovisual como da música.

Assista ao clipe: https://youtu.be/K2XLjcG-1T0?si=MDm7ahX8-wb0st0b

Ouça aqui: https://links.altafonte.com/memoriasereclusao

O novo single do Treva tem participação especial de Gabriel Menndezz (Piano e Harmmond), Julie Xavier (Backing Vocals) e Maiane Sousa (Backing Vocals).

O cenário da música é a cidade de São Paulo silenciosa, em meio às incertezas dos primeiros meses de pandemia, e os fins de tardes com o céu avermelhado, típico do entardecer nos dias de outono na cidade. A música surgiu em meio ao desassossego de um período angustiante para a humanidade.

“Entre o autoritarismo e o obscurantismo político, discursos de ódio contra minorias, negacionismo científico e os efeitos devastadores da pandemia, nos apegamos a música como uma forma de registrar o sentimento da época e ilustrar o cenário de incertezas, angústias e solidão que nos vivenciamos”, contextualiza o Treva.

A música folk composta em meio a esse cenário de céu vermelho e silêncio da o tom de tudo aquilo que não deve ser esquecido para que nunca mais possa se repetir. E preciso lembrar todos os dias de todos aqueles que, direta ou indiretamente, foram responsáveis por esse caos ao qual fomos submetidos.

Memórias & Reclusão é, ainda, uma homenagem não apenas a todos que perderam pessoas próximas e queridas em meio a pandemia, mas como também uma homenagem a todos que sobreviveram a toda essa tragédia política e sanitária.

Disco de estreia

Em Própria Razão é o nome do disco de estreia do Treva, que chega às plataformas de streaming via El Rocha Records no dia 19 de setembro. o álbum tem 10 faixas.

Faça aqui o pre-save: https://links.altafonte.com/EmPropriaRazao

Treva, a banda

Treva é Chris Wiesen (guitarra), Felipe Ribeiro (guitarra e vocal), Eduardo Moratori (baixo), dois ex-Confronto, e Pedro Hernandes (bateria), experientes músicos do rock nacional, se juntaram em 2021 para um novo projeto com referências de punk rock, folk e blues.

‘XXVII’ (confira aqui) foi a primeira amostra do que é o Treva, uma intro com cerca de um minuto e meio recheada de riffs, peso e atmosferas sombrias. Em seguida a banda lançou – em clipe e no streaming – a faixa ‘Onde Morre o Sol’, confira aqui.

Também lançaram Renasce em Dor, com participação de Rodrigo Lima (Dead Fish), um canto em homenagem a todos e todas de pele preta. A cantora independente Julie Xavier também participa desta faixa.

Os lançamentos do Treva são feitos pela El Rocha Records, o selo do estúdio El Rocha, com a produção, mixagem e masterização do renomado produtor Fernando Sanches.

O El Rocha Records é a casa de três nomes importantes da produção musical brasileira: Daniel Ganjaman, Fernando Sanches e também com participação da Carox. Recentemente foram responsáveis pelos lançamentos da Deb and the Mentals e da dupla A Ride for Two e The Gramophones.

Ficha técnica de Memória & Reclusão

Gravadora: El Rocha Records
Distribuição: Altafonte Brasil
Produção: El Rocha Records e TREVA.
Co-Produção: Felipe Ribeiro e Chris Wiesen
Pré-Produção: Chris Wiesen e Felipe Ribeiro
Gravado por: Fernando Sanches, Rodolfo Duarte, Maiane Sousa e Chris Wiesen
Mixagem: Fernando Sanches
Masterização: Fernando Sanches

Apoio: Sabot e Buena Vista Barber Club.

Treva é:
Felipe Ribeiro (Voz e Guitarra)
Chis Wiesen (Guitarra)
Pedro Hernandes (Bateria)
Eduardo Moratori (Baixo)

Acompanhe a banda aqui: www.instagram.com/oficialtreva.

Fonte: Tedesco Mídia 

By Biano

Agente secreto URSAL a serviço no Brasil , curtidor de Músicas Subversivas e um tanto extremas, degustador de cerveja !

Deixe uma resposta